HomeManejo

Manejo

Orientações básicas para plantio de mudas frutíferas

O objetivo da formação de um pomar é produzir frutas de qualidade, em boa quantidade e baixos custos.Para atingir este objetivo, vários insumos e bens são utilizados, dente eles a terra, os serviços, os adubos, defensivos e as mudas. A base para a formação de um pomar quer seja ele caseiro ou comercial, é uma muda de boa qualidade. Trabalhamos com mudas produzidas em viveiro registrado no Ministério da Agricultura, em estufa telada, de acordo com as normas vigentes para a produção de mudas cítricas no estado de Minas Gerais. Para pomares caseiros, de forma geral pode se fazer:

Covas com 50x50x50 cm de espaçamento entre covas de 5m x 4m.

Adubação básica por cova, quando não se fez análise do solo, pode constituir de 10 a 20 litros de esterco de curral curtido, 500g de superfosfato simples e 500g de calcário dolomitico, misturando primeiro o calcário e o esterco com a terra da camada superficial do solo colocando na cova.

Cortar as raízes que estiverem encostadas no fundo do saco plástico.

Retirar o saco plástico que envolve o torrão da muda.

Inserir o torrão no interior da cova, misturar o restante da terra com superfosfato simples e completa o preenchimento da cova conforme o esquema abaixo, tornando o cuidado de deixar o torrão da muda 5 cm acima do nível do terreno.

Após plantio irrigar com abundância, para melhor absorção dos nutrientes, cavar em volta da cova principal uma cova com uma produndidade de 15cm a uma distância de 1m da cova principal, a irrigação no período de estiagem deve acontecer a cada 7 dias em media 20 litros de água por muda.